geral@centrolex.pt
255 713 162

Centro LEX

Advogados & Solicitadores
renato vicente centro lex

(Português) O Regulamento Geral de Protecção de Dados (RGPD)

Sorry, this entry is only available in European Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

O novo Regulamento Geral de Protecção de Dados, que entra em vigor no dia 25 de Maio de 2018, vem introduzir um novo regime em matéria de protecção de dados pessoais e tem como objectivo reforçar a protecção de dados dos cidadãos e harmonizar a legislação dos países membros da UE.

Aplica-se a todas as organizações instaladas na União Europeia e àquelas que tratem de dados de seus residentes.

O RGPD confere mais poder aos cidadãos para aceder e controlar os seus dados pessoais.

O novo regime obriga a que as organizações prestem mais informações aos cidadãos, designadamente a base legal para o tratamento de dados, o prazo de conservação dos dados, informações mais detalhadas sobre as transferências internacionais e a possibilidade de apresentar queixa junto da Comissão Nacional de Proteção de Dados.

Alarga o conceito de consentimento e introduz novas condições para a sua obtenção. Este novo regulamento dá particular enfâse ao consentimento dos menores ou dos seus representantes legais.

A nova legislação obriga a manter um registo documentado de todas as atividades de tratamento de dados pessoais. As organizações são obrigadas a demonstrar o cumprimento de todos os requisitos decorrentes da aplicação do regulamento.

Todas as violações de segurança que resultem em risco para os direitos dos titulares passam a ser comunicadas à autoridade de controlo assim como aos respetivos titulares dos dados.

Nos casos menos graves de violação do regulamento a coima poderá ter um valor até 10 milhões de Euros ou 2% do volume de negócios anual a nível mundial, consoante o montante que for mais elevado e, nos mais graves a coima poderá ter um valor até 20 milhões de Euros ou 4% do volume de negócios anual a nível mundial, consoante o montante que for mais elevado.